quarta-feira, 21 de maio de 2014

"Eles queriam me linchar. Eu, conversar".


Peço licença aos leitores do blog para uma pausa.

Li hoje que, enfim, depois de muita resistência e censura, essa moça aí de cima conseguiu lançar seu site sobre assuntos de seu país, Cuba. Viva Yoani!!!!

Mas, advinhem: menos de 3 horas após lançado, foi bloqueado o acesso de toda a ilha pelo Governo dos Castro. Nenhum cubano consegue ler o que ela escreve no site. Alguma surpresa?

Tentaram calá-la também no Brasil. Um espetáculo vergonhoso ensaiado por petistas, comunistas e outros bobos intolerantes e atrasados que não conseguem conviver com quem pensa diferente. Naquele momento de extrema agressão à liberdade de expressão e à democracia, vi o silêncio ruidoso de quase todos os intelectuais, artistas e jornalistas que se autoproclamam defensores da liberdade no Brasil.

Os mesmos que hoje se jactam ao linchar outra moça "perigosa", chamada Sheherazade.

Hipócritas e sacripantas!

A Yoani Sanchez, toda a minha admiração e respeito.


A propósito: essa mulher é muito "macho"!!! Mais "Homem" que muito réptil travestido de homem por aí.

Um comentário:

andré disse...

É isso aí Pedrão! Mandou bem! Abs.