quinta-feira, 11 de julho de 2013

Tampa traseira da primária da Shovel 69

Continuando o serviço, retirei a tampa traseira da primária e o visual mostra como essas partes acumulam sujeira.

Em volta do pinhão, pregado na carcaça do câmbio, uma capa espessa de graxa + óleo + areia denunciava o longo tempo em que ninguém mexia por alí.

Mas mexeram. O primeiro sinal disso é o rolamento do eixo do câmbio que fica alojado na tampa traseira da primária. O original é um rolamento de esferas e o que estava na shovel era um NTN R16Z blindado, Made in Japan.


Esse rolamento é bom, mas já está pedindo troca. O problema é que os novos vem com a blindagem em silicone. Você até acha o de metal, mas tem que importar. Saquei o rolamento numa boa e vou instalar um outro NTN de silicone mesmo. É fácil de achar. 


Um outro sinal de que andaram mexendo alí é a solda no fundo da primária. Parece que foi feita para tapar um buraco na tampa. Diga-se de passagem, solda bem feita.


O pingador da primária está quebrado, mas funciona, ou seja, lubrifica a corrente. Mesmo assim, vou tentar trocá-lo.


No final, lavei tudo com gasolina e experimentei uma solução "limpa-alumínio".


E agora, na seção Faça Merda Você Mesmo, olha a cagada. Como havia dito numa postagem anterior, deixei a corrente correr para frente junto com o pinhão e ela embolou na guia do câmbio.

Foi o que me encorajou a retirar a tampa traseira da primária. Agora que abri tudo, vou limpar bem, trocar o pinhão, o rolamento, os discos de embreagem, o pingador, o pinhão duplo e a corrente da primária.

Abro de novo daqui a uns 5 ou 10 anos, quem sabe...

Um comentário:

Anônimo disse...

10 15 anos? Modesto Pedrão agora são pelo menos mais 30

Abração

Lobo RS