terça-feira, 9 de julho de 2013

Embreagem da Shovel 69 (Parte II)

Depois de tirar a corrente da primária, é hora de encarar a tampa traseira para ter acesso ao pinhão, completando a troca da relação da Dercy.


A situação é essa. Preciso sacar o carretel de embreagem, o braço e o eixo do bendix, o automático (solenóide), retirar os parafusos da tampa traseira e desconectar as mangueiras presas atrás da tampa.


Para sacar o carretel de embreagem, primeiro preciso tirar a porca central com o varão. O problema é conseguir prender os dedos do carretel enquanto giro a porca. Detalhe, essa porca tem a rosca esquerda, ou seja, para desenroscá-la tem que girar no sentido horário.

Para travar o conjunto, usei um disco de embreagem usado, um alicate turquesa e uma chave de boca. O torque estava animal e precisei trocar a chave de boca por uma de maior calibre.


Depois de suar um bocado, saiu.


Agora era preciso sacar o carretel. Usei o mesmo modo de travar os dedos do carretel e um sacador específico para isso.


Botei pressão no sacador e depois de umas pancadas o carretel saiu.


Tirei o eixo do bendix e o automático, assim como o motor de arranque e as engrenagens.


Repare as porcas centrais que prendem a tampa traseira. São embutidas e só um soquete de 9/16" poderia me ajudar. Mas quem disse que eu tinha um soquete desses? Foi aí que novamente recorri à caparanga de ferramentas do velho Paulo Couto, meu saudoso pai, e ele mais uma vez me salvou o serviço. Papai era foda...
(falando nisso... já deu um abraço no seu velho hoje? Tá esperando o quê?)


Serviço completo!

Agora vamos ver como está a coisa alí por trás da tampa...

Nenhum comentário: