segunda-feira, 29 de abril de 2013

Dica


Peguei a Dyna de macho (FXD) e fui a Bonsucesso levar umas peças da Dercy para a eletrostática. Na saída, a bateria nem deu sinal.

Tentei pegar no tranco mas ando meio fraco (idade é foda...), e desisti na segunda tentativa.

O dono de um posto próximo se dispôs a uma chupeta. Pô, bateria de carro... ??? Será??? Liga para o dono de uma oficina. Resposta: não recomendo! Pode queimar o regulador de voltagem.

Foda-se. Vou correr o risco.

Mal raspei o dedo e vrummm... Blz... Voltei queimando chão.

Ao entrar no túnel novo, percebi a luz da pressão do óleo acendendo. Taquespa!!! Parei na saída do túnel e chamei o reboque. 2 horas de espera e umas 3 cervas.

Moto na oficina e condenaram a pêra (ou cebolinha) de óleo. Como não tinham em estoque, recomendaram  comprar na CC da HD. Nem fudendo...

Mas será que é a pêra mesmo? Bora testar.


Troquei a pêra com a da Dyna do meu irmão e... luz acesa do mesmo jeito.

Ou seja, não era a porra da pêra!!! Ainda bem que não comprei.

Fuçando, descobri que era um simples esmagamento do fio por um "enforca-gato-preto-dos-infernos". Tirei a abraçadeira e pronto.

Moral da história: comece pelo mais simples. Sempre!!!

2 comentários:

wolfmann disse...

Mau habito de trocador de peça: procurar causa de defeito dá trabalho e não dá lucro. Melhor apostar na troca e se o defeito continuar, pode dizer que é outro defeito.

andré disse...

Softail moto de coxa!Criada para combater as japas.Abs.