sexta-feira, 1 de março de 2013

Linhas de óleo, coletor e suporte do motor shovel

Uma das características que mais me agradam no motor shovelhead é a evidência das linhas de óleo responsáveis pela circulação do fluido na parte alta do motor. Acho-as bem legais e estão em posição de destaque no conjunto.

Outras partes tão evidentes quanto as linhas de óleo também merecem um tratamento apropriado. Um exemplo é o suporte do motor, responsável por manter o motor preso ao quadro mesmo que queira sair sozinho pela rua afora.

Bora trocá-los.


 As linhas de óleo que estavam na moto me pareceram ser as originais. Contudo, estavam bem amassadas e com as roscas ensopadas com uma mistura de óleo e fita teflon.


Substituí o assentos de latão por cromados. São 4 ao todo: dois para unir a linha vertical e 2 para o tubo que irriga as tampas dos cabeçotes.


Serviço tranquilo para a linha vertical.


E o resultado... sem comentários. Ficou bonito pracaraleo.


Para compensar, perdi mais de 1 hora tentando colocar o tubo que liga as duas tampas. Taqueuspa!!! Imagina um tubo de aço que não dobra na mão, e pelo menos 1/2 centímetro maior que o espaço feito para ele entrar.

Tenta daqui, tenta dalí, leva na morsa, amassa, lima a ponta, tenta de novo, leva na morsa, amassa mais, lima mais e tome suor.

Depois que ele entrou, lógico, ficou folgado. Aí a briga foi para que ele fizesse ficasse justo e com a curvatura mais harmônica possível.


O resultado até que não ficou ruim tendo em vista que ela já vem com duas pequenas dobras simétricas.


O segundo passo foi instalar o coletor do carburador. Coloquei o-rings novos e o encaixe foi perfeito.


As abraçadeiras de aço inox prendem o conjunto.

Agora é instalar o carburador e fazer funcionar.

3 comentários:

Luiz Henrique Magalhães disse...

A dercy vai ficar( ou tá ficando ) igual à epoca do teatro de revista filé.
Se for vender já sabe! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Já pensou que depois de pronta será unica do RJ ?

Parabens Pedron

Hecho a Mano disse...

Luis, acho que estou com os dois últimos exemplares no RJ. A Dercy e a Aracy. Mas deve ter alguma muquiada por aí e, quando aparecer a chance, não a perca.

Moto antiga não se vende. Quem tem, fica com ela. Mas, se por algum motivo eu precisar, ofereço a você primeiro.

Abraço.

Bayer - Old Dog disse...

Minha mulher acompanha novela, eu acompanho a reforma da Derci.

E quando tem peça desmontada, é pornô de moto.