sexta-feira, 28 de setembro de 2012

Os freios de Dercy

As Panshovel de 1966 a 1969 tinham os freios dianteiro e traseiro a tambor. Dercy veio com um "upgrade"  de uma pinça banana de uma shovelhead anos 70 sobre um disco de 10 polegadas não ventilado.

O problema é que este freio estava ruim. Mal dava para parar a moto e o freio traseiro era o que fazia todo o serviço. Não dava prá rodar com segurança. Além disso, precisava trocar a linha de freio por causa do projeto do guidão novo.

Se é assim, o jeito era tirar a pinça fora e tentar recuperá-la.


Não tem parafuso velho que resista a um soquete estriado de 10 mm. Abriu mole. Porém, como nem tudo são flores, o parafuso do engate da linha de freio à direita da foto estava absolutamente preso. Uma pica.


Mantive a pinça presa na bengala e tentei de tudo. Fogo, cuspe, WD, palavrão e nada. A força empregada na chave de boca tinha o limite de roçar o sextavado. Por fim, resolvi cortar o mangote. (Depois o Wagner da Brazil Custom me mostrou que esta rosca é cônica). 



O visual não estava dos melhores. Tinta toda descascada, parafusos e miolo com muita ferrugem, reparos ressecados e pistão mordido.

E aí tem aquelas coisas né parceiro...

Por acaso, levei a pinça na Brazil Custom e lá encontrei o Adriano, mecânico "freela" da casa em quem confio minha moto sempre que preciso. Ele pegou a peça da minha mão e...





Precisa falar mais? A pinça ficou como nova. O pistão foi sacado e ficou muito novo, apesar das mordidas herdadas dos tempos de outrora.


De quebra, o Wagner ainda apareceu com os reparos a serem substituídos. Show!!!

Nenhum comentário: