sábado, 26 de maio de 2012

AVENTURAS GERIÁTRICAS - 7a. parte

23 de maio de 2012 (4a. feira)
Pois é moçada, ontem à tardinha, ao chegarmos ao hotel, havia umas 10 motos estacionadas na cobertura em frente a recepção e um monte de gringos tomando cerveja em volta delas. Quando nos viram já nos convidaram para uns copos e só tivemos tempo de deixar a bagagem no quarto e voltar para bater um papo e descontrair.

Acho que exagerei na cerveja pois não entendi o que uma recepcionista falava a respeito de uma Honda no estacionamento. O fato é que pela manha descobri que tinha deixado a moto ligada e a  bacteria tinha ido para o vinagre. O jeito era empurrar  a moto. Pedi auxílio ao Cyro, que sentou na moto obviamente (a lambança eu quem cometi) e eu empurrei-a com medo que a “gambiarra” no coração desse o prego.

Mas a Dra. Olga fez um belíssimo trabalho e pude empurrar com vontade os 400 e poucos quilos da moto + Cyro e a danada pegou depois de uns poucos metros. Aproveitamos o embalo e nos mandamos para Gatlinburg no Tenesse, atravessando o belíssimo Smoke Mountain National Park.



Conserto na Estrada nos obriga a parar e o Cyro aproveita para bater um papo com um gringo que pilotava um Trike e que depois fez um monte de cagadas na minha frente.
(Great Smoky Mountains National Park)





No caminho a quantidade de motos e trikes era o sinal que a temporada estava começando. Por outro lado, acompanhar o pessoal das motos é uma experiência e tanto pois pudemos avaliar nosso nivel de pilotagem em relação a eles. Além disso, percebemos uma tendência que vemos com muita frequência no Brasil: uma enorme preocupação com equipamentos de segurança tais como macacões, jaquetas, capacetes, luvas, joelheiras, coletes lombares, air bags e etc mas muito pouco ou praticamente nenhum investimento na área de pilotagem. O ponto de partida para uma boa pilotagem é conhecer as caracteristicas da moto. Para nossa surpresa, encontramos proprietários de motos como a nossa desconhecendo que o pedal do freio traseiro aciona também o freio dianteiro (disco da direita). Aliás, no que se refere a frenagens, a maioria dos motociclistas gringos sabe tanto quanto a maioria dos motociclistas brasileiros sobre o tema: quase nada. 


Voltando ao assunto, chegamos a Gatlinburg e ficamos em um pequeno (e baratíssimo, US$ 35) no centro da bela cidade que se transforma em uma estacao de sky no inverno, ja que no verão é tomada pelos motociclistas e suas Harleys.



Um pequeno detalhe, as flores sao naturais e trocadas periodicamente de acordo com a estação.
(Gatlinburg, TN)

Essa estrela ainda vai brilhar numa curva do Tail of the Dragon !

( antiga profecia de Cumeeira)





Reparem nos dragões da porta. Esta chegando a hora da onça beber água...




Hélio e Cyro matando a fome em um pub que serve Pepsi e chá gelado !!!! 








Como diz meu filho: "- Carro de macho tem que ter, no mínimo, oito cilindros."


Aproveitamos para dar um descanso às motos e ao esqueleto que já começa a reclamar da péssima ergonomia das Wings. Amanhã o plano é sair pela 441, atravessar o Smoke Mountain National Park pelo outro lado, pegar a Foothills Parkway (deixei de conhecê-la da última vez mas dessa ela não me escapa) e encontrar a famosa 129, o que vai nos permitir pegar o Dragão pelo rabo. Preparem os corações !!!.

Nenhum comentário: