sábado, 21 de janeiro de 2012

Ecos da viagem a Floripa, part 1

Como bem relatou o Pedrão, decidimos ir a Floripa. Mas como nem eu ou muito menos o meu irmão fizemos um roteiro. Saímos para a estrada, meio que na cara e na coragem. Muita chuva até Paraty. Onde um problema que a muito não se manisfestava na moto do Rafael, meu irmão, logo na viagem, apareceu. Verificamos que o motor de arranque estava fechado em curto. Não desligava. Solução: Ligar a moto e retirar o relé do motor de arranque, para que o mesmo não ficasse rodando até moer. Feito isto, rumamos até a Caraguatatuba, 125 km de Paraty, onde nosso amigo Vitor, customizador de mão cheia e mecânico de harley da Los Insanos Hot Garage nos aguardava.
Após 125 km de chuva, chegamos a Caragua. Vitor nos abriu a oficina, isso já passando da 20:30 h. Não acreditamos qdo o Vitor disse que iria meter a mão na massa naquele momento. Eu curtindo uma febre de 38,5 C e meu irmão estressado e cansado.
Qdo quem mexe na moto, entende do traçado fica até fácil. O Vitor logo identificou que o problema era no botão de acionamento do start do motor de arranque.
Nosso amigo e salvador da pátria, arrumou outro botão e soldou a fiação. Moto perfeita e condições dar prosseguimento a viagem.
São nessas horas, que vemos quem são realmente os amigos. O Vitor estava no conforto de sua casa, e se prontificou em nos ajudar, isso já ao cair da noite e finalizando o conserto por volta das 23:30 h ou mais! Nosso agradecimento ao Vitor pela força.

Um comentário:

Pedrão disse...

Já vi moto com um botão do start de backup debaixo do banco. Esse troço quando dá problema na estrada é uma merda...